Mundo

Este país na América Central é o melhor lugar para expatriados; veja ranking

Relatório aponta os destinos mais atrativos para expatriados, enfatizando qualidade de vida, integração e oportunidades de trabalho

Panamá está no topo da lista para expatriados morarem e trabalharem. (Getty Images/Getty Images)

Panamá está no topo da lista para expatriados morarem e trabalharem. (Getty Images/Getty Images)

Fernando Olivieri
Fernando Olivieri

Redator na Exame

Publicado em 5 de julho de 2024 às 07h25.

Caso você esteja considerando uma mudança para o exterior, o Panamá pode ser o destino ideal. De acordo com o mais recente relatório Expat Insider da InterNations, uma comunidade global para pessoas que vivem no exterior, os expatriados que vivem e trabalham no Panamá estão entre os mais satisfeitos do mundo. O país foi classificado como o número um para expatriados entre 53 países analisados, destacando-se pela qualidade de vida, facilidade de adaptação e benefícios financeiros. As informações são a CNBC.

1. Panamá

O Panamá foi classificado como o país número 1 para expatriados entre 53 países analisados no relatório deste ano, que entrevistou mais de 12.500 pessoas em fevereiro sobre a satisfação com suas vidas em um país estrangeiro. Uma maioria significativa, 82% das pessoas que se mudam para o Panamá, afirmam estar satisfeitas com suas vidas, em comparação com 68% dos expatriados em todo o mundo. Muitos disseram que se mudaram para o país centro-americano por razões financeiras, para se aposentar ou em busca de uma melhor qualidade de vida. Os recém-chegados estão especialmente satisfeitos com o baixo custo de vida, que conseguem cobrir confortavelmente. Além disso, 71% relatam sentir que são pagos de forma justa (em comparação com 58% globalmente), de acordo com os dados da pesquisa.

2. México

O México caiu do primeiro lugar nas classificações do ano passado, mas ainda ocupa a segunda posição em 2024. O país recebe altas avaliações de pessoas que dizem ser incrivelmente fácil se mudar para lá e se sentir integrado. Cerca de 86% das pessoas afirmam que a população mexicana é amigável e acolhedora para os recém-chegados. Expatriados no México também dizem que é fácil se acostumar com a cultura local e fazer amigos locais, o que os faz se sentir "em casa" mais rapidamente. No entanto, enfrentam desafios com a burocracia local, bancos, acesso à saúde e transporte.

3. Indonésia

A Indonésia subiu nas classificações e foi nomeada o terceiro melhor país para expatriados graças aos seus baixos custos, pessoas amigáveis e bom equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, conforme relataram os residentes na pesquisa. Expatriados estão especialmente satisfeitos com suas decisões de trabalhar na Indonésia, dizendo que estão felizes com seus empregos, oportunidades de carreira pessoal e horários de trabalho curtos. Respondentes disseram que suas semanas de trabalho em tempo integral eram de pouco menos de 39 horas por semana, em comparação com uma média global de 42,5 horas por semana.

4. Espanha

A Espanha ocupa a quarta posição na lista, destacando-se pela alta qualidade de vida e pela rica herança cultural. Expatriados elogiam a gastronomia, o clima ameno e a abundância de atividades culturais e recreativas. O sistema de saúde é altamente valorizado, oferecendo serviços de alta qualidade a custos acessíveis. No entanto, o mercado de trabalho pode ser competitivo, especialmente para estrangeiros que não falam espanhol fluentemente. A Espanha é conhecida por sua atitude acolhedora e estilo de vida descontraído, o que facilita a adaptação dos expatriados.

5. Colômbia

A Colômbia ocupa a quinta posição na lista, conhecida por sua cultura vibrante e baixo custo de vida. Expatriados destacam a amabilidade do povo colombiano e a beleza natural do país, desde suas praias até suas montanhas. A Colômbia oferece uma boa qualidade de vida a um custo relativamente baixo, o que atrai muitos aposentados e profissionais que buscam um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. No entanto, a segurança pode ser uma preocupação em algumas áreas, exigindo cautela dos recém-chegados.

6. Tailândia

A Tailândia está em sexto lugar na lista, sendo um destino popular entre expatriados por seu baixo custo de vida e rica cultura. Expatriados apreciam a culinária tailandesa, o clima tropical e a hospitalidade do povo. A Tailândia oferece uma variedade de paisagens, desde praias paradisíacas até montanhas serenas. O custo de vida é significativamente menor do que em muitos países ocidentais, tornando-se um destino atraente para aposentados e profissionais que buscam uma vida mais econômica. No entanto, a barreira do idioma pode ser um desafio, e o sistema de saúde, embora acessível, varia em qualidade dependendo da localização

7. Brasil

O Brasil figura na lista dos dez principais destinos para expatriados, ocupando a sétima posição. Expatriados destacam a riqueza cultural, a natureza exuberante e o calor humano como pontos positivos. No entanto, mencionam desafios relacionados à segurança e à instabilidade econômica. A burocracia e a complexidade do sistema tributário também são frequentemente citadas como dificuldades enfrentadas pelos estrangeiros que escolhem o Brasil como lar. Ainda assim, o Brasil oferece inúmeras oportunidades para aqueles que desejam se integrar e explorar suas diversas regiões.

8. Vietnã

O Vietnã ocupa a oitava posição, conhecido por seu rápido crescimento econômico e baixo custo de vida. Expatriados elogiam a facilidade de encontrar moradia acessível e a rica herança cultural do país. A culinária vietnamita, o clima agradável e a hospitalidade do povo são pontos destacados. No entanto, a barreira do idioma e a infraestrutura podem ser desafiadores para alguns recém-chegados. O Vietnã oferece uma combinação única de tradição e modernidade, atraindo tanto aposentados quanto jovens profissionais.

9. Filipinas

As Filipinas ocupam a nona posição na lista, com expatriados elogiando a hospitalidade do povo filipino e a beleza natural do arquipélago. A facilidade de se comunicar em inglês e os custos relativamente baixos de vida são pontos atrativos. No entanto, a infraestrutura e os serviços de saúde podem ser limitados em áreas fora das grandes cidades. A vida nas Filipinas é marcada por um ritmo mais tranquilo e um forte senso de comunidade, tornando-se um destino acolhedor para expatriados.

10. Emirados Árabes Unidos

Os Emirados Árabes Unidos completam a lista dos dez melhores destinos para expatriados. Conhecidos por suas oportunidades de emprego e alto padrão de vida, os expatriados valorizam a segurança e a infraestrutura moderna do país. No entanto, mencionam desafios relacionados ao clima extremo e à necessidade de se adaptar a uma cultura e legislação muito diferentes. A vida nos Emirados é marcada por um ambiente cosmopolita e uma economia robusta, atraindo profissionais de todo o mundo em busca de oportunidades de carreira e crescimento pessoal.

Acompanhe tudo sobre:PanamáMéxicoIndonésiaEspanhaColômbiaTailândiaBrasilVietnãFilipinasEmirados Árabes

Mais de Mundo

Eleição nos EUA: Trump vai inflamar ou moderar o discurso na convenção republicana?

Biden continua apresentando sintomas leves de covid-19, diz médico do presidente

Aliada de Macron é eleita presidente do Parlamento em 1º teste de forças após as eleições na França

Maduro fala em risco de 'banho de sangue' se for derrotado nas eleições da Venezuela; veja vídeo

Mais na Exame