Mundo

“Tive uma noite ruim, estraguei tudo”, diz Biden sobre desempenho em debate

Apresentador de programa disse que presidente não parece disposto a jogar a toalha

Democrata terá encontros importantes nos próximos dias para tentar melhorar imagem (Mandel NGAN/AFP)

Democrata terá encontros importantes nos próximos dias para tentar melhorar imagem (Mandel NGAN/AFP)

Publicado em 4 de julho de 2024 às 09h29.

Última atualização em 4 de julho de 2024 às 15h45.

Num esforço para mostrar que ainda pode ser competitivo na corrida eleitoral, o presidente dos Estados Unidos Joe Biden, gravou duas entrevistas para rádios em estados importantes para as eleições de novembro. Elas serão transmitidas nesta quinta-feira, 4, disse a Casa Branca em entrevista coletiva.

“Tive uma noite ruim. E o fato é que, você sabe, eu estraguei tudo. Cometi um erro. São 90 minutos no palco. Veja o que fiz em 3 anos e meio”, disse o presidente americano ao “The Earl Ingram Show” da Civic Media em Wisconsin, num trecho que foi divulgado pela CNN.

Earl Ingram, que entrevistou Biden, disse à CNN que o presidente não “pareceu me mostrar sinais de um cara que está pronto para jogar a toalha”.

A Casa Branca reafirmou que Biden seguirá na disputa, apesar da pressão crescente pela desistência.

Biden também conversou com Andrea Lawful-Sanders, do “The Source”, na Filadélfia, segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine, Jean-Pierre.

Essas entrevistas marcam um esforço de Biden para consertar a rota da campanha e acalmar a situação no partido e dos eleitores após desempenho ruim no debate contra Trump em 27 de junho.

Biden viajará para Wisconsin na sexta-feira (5), onde dará uma entrevista a George Stephanopoulos da ABC News.

O presidente também viajará para a Pensilvânia no domingo (7). Na próxima semana, ele deve dar uma entrevista coletiva em meio à cúpula da Otan, em Washington.

Acompanhe tudo sobre:Eleições EUA 2024Joe Biden

Mais de Mundo

'A defesa da democracia é mais importante do que qualquer título', diz Biden em discurso

Governo Lula se diz irritado com falas de Maduro, mas evita responder declarações

Netanyahu discursa no Congresso americano sob protestos de rua e boicote de dezenas de democratas

Em discurso a irmandade negra, Kamala pede ajuda para registrar eleitores e mobilizar base a votar

Mais na Exame