Esporte

Saiba os segredos do jogador de futebol que segue competindo como profissional aos 57 anos

Atacante japonês Kazuyoshi Miura já deixou claro que seu sonho é jogar até os 60 anos

 (Divulgação/Yokohama FC)

(Divulgação/Yokohama FC)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 10 de julho de 2024 às 11h23.

Diz-se que, normalmente, os jogadores de futebol se aposentam por volta dos 37 ou 38 anos, mas não há um limite específico que realmente regule o tempo. Uma figura e prova disso é o jogador japonês Kazuyoshi Miura, que, com 57 anos, se mantém ativo e tem um sonho: jogar até os 60 anos e, se possível, mais.

O atleta, atacante e de cabelos grisalhos, é uma figura implacável que quer colher sucessos por alguns anos mais. Em 2024, confirmou-se que Miura encontrou sua nova casa no Atlético Suzuki, um time da quarta divisão japonesa.

Quando começam as Olimpíadas de Paris 2024?

Segundo sites de esportes, com esta oportunidade, ele somou seu 17º clube, um número que o levou a estar em países como Croácia, Itália, Japão, Portugal, entre outros.

O jogador voltou ao seu país natal para continuar ativo fisicamente, após ter estado nas fileiras do Oliveirense, em Portugal.

Além disso, o criador de 'Supercampeões', Yōichi Takahashi, confessou anos atrás que se inspirou em Kazuyoshi Miura e sua experiência no mundo do futebol para criar 'Oliver Atom', o personagem principal fictício da série animada.

Estes são os segredos de Kazuyoshi Miura para continuar competindo como profissional aos 57 anos

Kazuyoshi Miura é um dos futebolistas mais conhecidos na Ásia durante a década de 90. Além disso, é um dos responsáveis pelo lançamento da liga profissional em seu país, a J-League, em 1993.

O experiente atacante compartilhou uma vez algumas declarações na televisão portuguesa e assegurou: "Minha paixão pelo jogo continua muito forte. Minha paixão não se apaga".

Por essa razão, é importante mencionar os segredos ocultos que o jogador possui para poder continuar nos campos. Trata-se de levar uma vida saudável e de bons hábitos para se manter resistente.

No Japão, a antiguidade e a longevidade são valores muito apreciados. De acordo com o site 'Medium', o futebolista conta com uma rotina impecável de autocuidado físico, que se aprofunda em uma enorme autodisciplina.

Além disso, entre suas chaves está ter uma boa alimentação, para ter energia suficiente e continuar. "Quando me mudei para o Brasil aos 15 anos, pensava que as pessoas de 50 e 60 anos eram avós. Mas agora que tenho essa idade, há uma parte de mim que se recusa a aceitar que sou um idoso", contou em uma entrevista para o site oficial dos Jogos Olímpicos.

Outro de seus truques ocultos, que são difundidos em alguns meios de comunicação internacionais, é o descanso, dormir o suficiente e ter o tempo necessário para recuperar forças. Assim como outros futebolistas de nível mundial, seus treinamentos são especializados e adicionais aos de seu clube, para continuar mantendo o mais alto nível.

Acompanhe tudo sobre:FutebolJapãoSaúdelongevidade

Mais de Esporte

Quem são os atletas mais jovens das Olimpíadas de Paris?

WSL bate recorde e movimenta R$ 159 milhões com etapa mundial de surfe no Rio

Olimpíadas crescem em arrecadação, mas ainda ficam atrás de ligas norte-americanas

Olimpíadas começam com confusão histórica entre Argentina e Marrocos; entenda o que aconteceu

Mais na Exame